Outro momento adorável:

Lá vem ele aos fins de semana, quando o despertador não toca, antes tem perninhas, meter-se na nossa cama. Aninha-se todo, distribui festinhas, começa com aquele respirar de mimo, como o ronronar dos gatos, ’tás a ver?, e diz assim: Continuar a ler

Anúncios

TPM

Isto hoje está mau. A parentalidade positiva foi sair com as amigas e abandonou-me à minha sorte. Deu erro. A manhã já não foi fácil. O fim de dia, então, foi de loucos. Pelo meio, levei o dia inteiro a recriminar-me e a desejar a hora de os ver de novo para os poder estrefegar com mimos e com mais calma, a calma de quem levou o dia a recriminar-se e a pensar que não vai tornar. Mas… enervei-me sempre por coisinhas de nada, gritei imenso sem necessidade nenhuma (tivesse eu sido capaz de parar e racionalizar) e sei, sei mesmo, que a culpa foi sempre minha. Continuar a ler